Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Receitas Tolerantes

Sou uma entusiasta da cozinha e da alimentação saudável, e cozinho com amor :)

Receitas Tolerantes

Sou uma entusiasta da cozinha e da alimentação saudável, e cozinho com amor :)

Hambúrgeres de Lentilhas e Beringela

Poderão dizer que ando muito numa de beringela, e não estariam enganados. As 3 últimas receitas do blog têm beringela. Um pouco por coincidência, porque se seguirem o blog no instagram, há todo um mundo de taças coloridas - e não só - a acontecer. No entanto, eu adoro beringela, e tenho encontrado umas beringelas com ótimo aspecto que me têm convencido a levá-las para casa. As malandras ;)

 

Comecei por deixar as lentinhas de molho durante a noite. Faço sempre isso com as leguminosas e frutos secos porque tenho uma digestão sensível, e se as demolhar elas são mais facilmente digeridas pelo organismo. Um outro truque que aprendi - já não me recordo onde - é que combinar as leguminosas com alga kombu enquanto cozinham também ajuda a digeri-las melhor. E dizem que comê-las com arroz ajudar a evitar os efeitos nefastos que todos conhecemos. Não quer dizer que os elimine, mas dizem que ajuda ;) Não consigo confirmar nem desmentir ;)

 

No dia seguinte cozi as lentilhas, devidamente escorridas, com a beringela partida em cubos, a alga kombu e um pouco de sal. Cerca de 2 chávenas de água para 1 de lentilhas, e deixei cozer cerca de 40 minutos. Depois de desligar, deixei-as arrefecer e secar um pouco e passei com a varinha mágica até ficar mais cremoso, mas ainda com alguns pedacinhos de lentilha visíveis. A esta mistura juntei 1 chávena de flocos de aveia, 1/2 chávena de linhaça moída e bastantes especiariais, entre elas garam massala (uma mistura de caril indiano), cominhos e coentros em pó, e uma pitada de pimenta, e como o preparado ainda estava relativamente húmido, tapei e deixei repousar uns minutos para a aveia e a linhaça fazerem o seu trabalho e absorverem alguma da humidade, tornando a mistura mais seca e moldável. Ficaram assim cerca de 30 minutos. Por fim, e para garantir que os hamburgeres ficavam mais compactos, e ligeiramente "crocantes" por fora, acrescentei 2 colheres de sopa de polvilho doce.

 

Para os cozinhar, coloquei uma colher de chá de óleo de côco numa frigideira, coloquei os "hamburgeres" e fritei-os uns minutos de cada lado, até estarem consistentes e crocantes. A mistura é relativamente húmida, portanto não moldei os hamburgeres na mão, mas sim coloquei-os na frigideira como se de panquecas grossas se tratassem. Depois de cozinhados, ficam perfeitamente consistentes, de tal maneira que dá para lhes pegar com a mão sem quebrarem. Têm apenas de os deixar cozinhar até estarem bem tostados por fora ;)

 

Se preferirem, podem congelar parte dos "hamburgeres", como nós fizémos. Colocámos a massa em caixas redondas, separados cada um com folhas de papel vegetal. Tal como referi, não dá para os moldar com as mãos, portanto coloquei colheres em cima do papel e usei a folha seguinte para os alisar. A forma da caixa manteve-os redondos, e à medida que fomos colocando uns por cima dos outros, já se pareciam com verdadeiros hamburgueres. Para descongelar, cuidado para não os deixar amolecer demasiado, caso contrário perdem a forma. Descongelem um pouco e depois tentem separá-los pelo papel usando um garfo ou outro utensílio.

 

Servimos com cuscus e legumes salteados, mas ficam bem apenas com uma saladinha ou com outro acompanhamento à escolha ;)

 

IMG_20170829_214033 b.jpg

 

Ingredientes:

1 chávena de lentilhas (secas)

1 beringela de tamanho médio

Alga Kombu (2 ou 3 pauzinhos)

1 chávena de flocos de aveia

1/2 chávena da farinha de linhaça

2 colheres de sopa de polvilho doce

Garam masala

Cominhos

Coentros em pó

1 pitada de pimenta

Sal q.b.

 

Boas receitas!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.