Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Receitas Tolerantes

Sou uma entusiasta da cozinha e da alimentação saudável, e cozinho com amor :)

Receitas Tolerantes

Sou uma entusiasta da cozinha e da alimentação saudável, e cozinho com amor :)

"Cheesecake" Vegan de Ameixa

Lembram-se de ter publicado um destes dias uma foto do gelado de arroz com crumble de côco? Podem encontrá-lo no facebook ou instagram do blog, mas de qualquer forma, esse mesmo crumble de côco serviu de base para este "cheesecake" vegan, que levámos para um jantar em casa duns amigos, e que estava - modéstia à parte - maravilhoso!!

 

A base, como referi, é de côco. No fundo é uma espécie de nougat de côco, mas que, quando desfeito, se assemelha a um crumble. Foi feito com 1 chávena de farinha de côco e 2 colheres de geleia de côco que fritei uns minutos com uma colher de óleo de côco até caramelizar. Fica delicioso polvilhado em cima dum gelado sem lactose como o de arroz da Naturattiva que comprei no Celeiro (e que se vê nesta foto), mas sobrou bastante "crumble" e decidi usá-lo como base do cheesecake.

 

Dica: não convém comprimir muito o crumble porque quando arrefece fica duro, e torna-se difícil cortar. Se isso acontecer, basta uns minutos no micro-ondas e ele volta a amolecer o suficiente para se conseguir desfazer em migalhas. Felizmente apercebi-me antes de colocar as restantes camadas e a coisa resolveu-se facilmente ;)

 

Em cima desta base de côco, coloquei um creme de tofu e tâmaras, semelhante ao que publiquei aqui: http://receitastolerantes.blogs.sapo.pt/creme-de-tofu-com-canela-28731. Em vez do tahini, coloquei 2 colheres de sopa de leite de amêndoa, que tornou a mistura bastante cremosa e ajudou na altura de barrar em cima do crumble.

 

A terceira e última camada foi uma compota de ameixa caseira que levou 3 ameixas, sem casca, 50g de pasta de tâmara, 1 colher de sopa de geleia de côco e 1/2 copo de água. Deixei cozinhar durante cerca de 20 minutos, e deixei arrefecer um pouco antes de juntar às restantes camadas.

 

Por fim, levei o cheesecake ao frigorífico durante umas horas, e servi bem fresquinho :) 

 

 

IMG-20160813-WA0027.jpg

 

 

IMG-20160813-WA0021.jpg

 

IMG-20160813-WA0032.jpg

 

Ingredientes:

Base/ crumble/ nougat de côco:

1 chávena de farinha de côco

1 colher de sopa de óleo de côco

2 colheres de sopa de geleia de côco

 

Recheio/ Creme Doce de Tofu com Canela (adaptado):

130g de tofu

25g de pasta de tâmaras

1 colher de sopa de geleia de côco

1 colher de café de canela

1 colher de café de pasta de baunilha

2 colheres de sopa de leite de amêndoa

 

Camada superior/ Compota de Ameixa:

3 ameixas vermelhas

50g de pasta de tâmara

1 colher de sopa de geleia de côco

1/2 copo de água

 

Boas receitas! E bom resto de fim de semana prolongado ;)

 

 

Gaspacho

Faz-me confusão escrever um título com apenas uma palavra. Mas não me pareceu adequado escrever gaspacho à espanhola, ou alentejano porque na realidade é a minha versão do gaspacho. Uma adaptação do que conheço ser a receita original, mas com o meu toque ;)

 

Eu até nem sou especialmente fã de gaspacho. "Sopa" e "fria" são dois conceitos que nunca encaixaram na minha cabeça. Para isso, prefiro comer uma salada. Mas com o calor que se tem sentido, andava mesmo a apetecer-me gaspacho. Já para não falar que é a receita perfeita para gastar o tomate e pepino que trouxemos de casa dos pais do P há umas semanas. Entretanto já recebemos nova remessa, portanto cheira-me que nas próximas semanas vai haver mais gaspacho cá por casa ;)

 

A parte mais complicada do gaspacho é descascar e retirar as sementes ao tomate. para facilitar o processo, marcámos uma cruz na parte de baixo de 4 tomates e colocámos num tacho cerca de 2 minutos, apenas o suficiente para os escaladar e a pele começar a soltar-se naturalmente. Retirámos, colocámos em água fria, e o P esteve pacientemente retirar-lhes a pele e sementes e a cortá-los em pedaços pequenos.

 

Entretanto, num processador de comida, juntei 1/2 pimento vermelho - costuma ser feito com verde, mas é mais indigesto que o vermelho e em termos de sabor é praticamente a mesma coisa - 1/2 pepino sem casca e sem sementes, 3 dentes de alho (os meus eram pequenos, se forem maiores 2 é mais do que suficiente), 2 colheres de sopa de azeite e outras 2 de vinagre de vinho tinto, sal, uma mão cheia de salsa, uma pitada de pimentão doce e água até cobrir os legumes. Pulsámos 1 ou 2 vezes, retirámos uma parte do preparado para uma taça, processámos o restante até ficar tudo bem triturado, e juntámos tudo. Desta forma ficámos com um gaspacho fresco e cremoso ainda com alguns pedaços. Por fim, polvilhámos a "sopa" com oregãos e para comermos o gaspacho bem fresquinho, juntámos umas pedras de gelo.

 

Quem preferir o gaspacho mais inteiro, nem precisa de usar o processador. Basta partir tudo em bocadinhos pequeninos, e colocar numa taça com a água e gelo e está pronto a comer ;)

 

IMG-20160812-WA0020 b.jpg

 

 

Ingredientes:

4 tomates maduros

1/2 pimento vermelho

1/2 pepino

2 colheres de sopa de azeite

2 colheres de sopa de vinagre de vinho tinto

1 mão cheia de salsa

1 pitada de pimentão doce

Água

Sal q.b.

 

Gelo para servir bem fresco :)

 

Boas receitas!!