Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Receitas Tolerantes

Sou uma entusiasta da cozinha e da alimentação saudável, e cozinho com amor :)

Receitas Tolerantes

Sou uma entusiasta da cozinha e da alimentação saudável, e cozinho com amor :)

Olhó Croquete de Aves Fresquinho!!!

Fizemos esta receita há umas semanas, para uma petiscada que tivemos lá em casa. É a receita perfeita para acabar com os restos da semana, que por acaso tinha com fartura. Essa semana tinha feito perú assado no forno com batata doce, e frango assado com batatas para um jantar na noite anterior, e as sobras eram extensas... ;)

  

Utilizei uma perna de perú, 3 ou 4 peitos de frango, 2 batatas doces pequenas, e cerca de 8 ou 10 batatas pequenas, que tinham sido assadas com casca. Começei por desfiar o perú e o frango, descascar as batatas (doces e normais), e triturar tudo no processador de comida, juntando um saco de espinafres baby, que comprei precisamente para dar alguma cor aos croquetes, e torná-los um pouco mais nutritivos. 

 

Temperei a mistura com um pouco de molho de soja e sal, e moldei os croquetes, passando-os depois por fécula de batata e farinha de linhaça (cerca de 1/3 de fécula para 2/3 de linhaça).

 

Depois foram para o forno cerca de 20/ 30 minutos a 180º até ficarem dourados.

 

Fiz um tabuleiro inteiro, mais de 20 croquetes, para 6 pessoas e meia, se contarmos com a minha sobrinha J, que tem 3 aninhos. Não sobrou nem um para amostra :)

 

IMG_20160417_205025 c.jpg

  

Ingredientes (cerca de 20 croquetes):

3 peitos de frango e 1 perna perú previamente asssados

3 batatas doces e 8 batatas pequenas assadadas com casca

1 saco de espinafres

Molho de soja (podem usar tamari, para uma versão sem glúten)

Sal a gosto

Fécula de batata

Farinha de linhaça

 

Podem adaptar consoante as sobras que tenham, e fazer mais ou menos croquetes.

 

Boas receitas!!

Pizza de Couve Flor

TÊM MESMO DE EXPERIMENTAR ESTA RECEITA!!! Ok, agora que estou mais calma... que delícia. A sério, experimentem que não se vão arrepender ;)

O ponto de partida: meia couve flor que sobrou de uma outra receita. Decidi juntar farinha de arroz, queijo ralado sem lactose, tomate seco e ervas (oregãos e manjeircão seco) e triturar tudo no processador de comida. Deu uma boa quantidade. O suficiente para fazer não uma, mas duas pizzas. Assim que a base estava devidamente triturada, forrei e untei 2 formas com um pouco de azeite e espalhei o preparado, pressionando com as mãos até ficar uniforme. Levei cada base ao forno a 180º durante 10 minutos, para ganhar alguma consistência antes de colocar os restantes ingredientes.

 

Enquanto cada uma das bases arrefecia o suficiente para lhes conseguir tocar, preparei um molho de tomate apenas com polpa de tomate, manjericão seco e sal, que depois espalhei em cima das pizzas. Para o recheio, usei uma caixa de cogumelos laminados, um molho de espargos e cerca de meia curgete, fatiada. Espalhei os ingredientes por cima das pizzas, polvilhei com queijo ralado (sem lactose), oregãos e um fio de azeite e levei ao forno por mais 20 minutos cada, a 180º.

 

Ficaram de-li-ciosas. O tempo de preparação não é demorado, mas é um pouco messy. A couve flor já por si o é, quando se parte saltam sempre pequenos floretes, mas no processador de comida, a coisa torna-se ainda mais crítica. No final, tinha couve flor em todo o lado, acho que só o tecto escapou ;) Também é preciso ter algum cuidado com as quantidades que se coloca no processador. É preferível triturar a massa por partes, e depois amassar tudo junto como eu fiz. Eu tentei triturar tudo junto e não funcionou.

 

Da próxima, como sugerido pela minha querida Homemade Gourmet, vou experimentar utilizar quinoa em vez da couve flor. Apesar de muito saborosa, a base ficou com uma textura um pouco maleável demais que, segundo ela, não acontece na versão com quinoa. Vou experimentar em breve, D!! Esta versão (de couve flor) tem de ser comida com faca e garfo, mas ainda assim, deu para cortar em fatias e retirar das formas, com muito muito cuidado. Quase que parecia uma pizza de verdade ;)

 

 

20160412_233625.jpg

 

 

20160412_233404

 

 

Ingredientes (2 pizzas médias):

Para a base:

600 gramas de couve flor

100 g de farinha de arroz

8 tomates secos

Cerca de 30 g de queijo sem lactose

Um fio de azeite (usei o do tomate)

Ervas aromáticas a gosto (usei oregãos e manjerição secos)

 

Para o molho:

1/2 chávena de polpa de tomate

Manjericão seco

Sal a gosto

 

Para o recheio:

Uma caixa de cogumelos laminados

1 molho de espargos

1/2 curgete média/ grande

Cerca de 40 g de queijo sem lactose

Oregãos secos

Um fio de azeite

 

 

Boas receitas!

 

 

Empadão de Carne com 4 Legumes

Apetecia-me chamar-lhe empadão de carne maravilhoso, a la Jamie Oliver, que adora colocar esse tipo de adjectivos nas receitas ;) mas optei pela versão mais descritiva da coisa. Fiz este empadão há umas semanas, quando tive umas amigas cá a jantar. Como gosto muito de dar o meu twist saudável a todas as receitas, fiz uma versão alternativa do empadão tradicional.

 

Começei com cozer 1 couve flor pequena, 1 batata doce média, 2 ou 3 batatas normais, e 2 cenouras médias até ficarem totalmente desfeitos. Temperei apenas com umas pedras de sal, passei e reservei. Numa frigideira, salteei 3 ou 4 cogumelos grandes (que sobraram desta receita de caril de grão com legumes) cerca de 5 minutos, apenas com um fio de azeite, e alho picado. Passados os 5 minutos, juntei a carne picada, cerca de 400g, vinho branco e molho de soja, e temperei com sal, pimenta, e um pouco de manjericão e oregãos secos, e deixei refogar, juntando posteriormente 1/2 curgete e 1 cenoura pequena raladas, até estar tudo devidamente cozinhado e apurado.

 

No fundo do pirex coloquei um pouco do molho da carne, para o empadão não agarrar. Depois "montei" o empadão: uma camada de puré, a carne no meio e outra camada de puré por cima. Para finalizar, pincelei tudo com um ovo batido, e levei ao forno cerca de 30/ 40 minutos a 180º.

 

Foi um sucesso :) Saudável, mas a fazer lembrar a comidinha da mamã. Não vou mentir, demorou algum tempo a fazer, mas valeu claramente a pena. E como juntámos legumes ao puré e à carne, rendeu bastante. Tradicionalmente 400g de carne picada alimenta 2 ou 3 pessoas, mas esta receita deu para jantarmos os 4, repetirmos todos, e ainda foi o meu almoço e do P no do dia seguinte.

 

20160320_194732

 

 

Ingredientes (6 refeições bem servidas):

1 couve flor pequena

1 batata doce média

2ou 3 batatas normais

2 cenouras médias

3 ou 4 cogumelos grandes

400 g de carne picada

1/2 curgete

1 cenoura pequena

Vinho branco

Molho de soja (usei tamari)

Manjericão e oregãos secos

Sal e pimenta q.b.

1 ovo

Azeite

 

 

Boas receitas!

Crumble de Frutos Vermelhos

Já falei aqui anteriormente do meu famoso crumble de maçã, sem gluten e sem lactose. É a sobremesa com mais saída cá em casa, todos os meus amigos adoram, e eu e o P também. Mas, apesar de não ter gluten nem lactose, leva um camião de açúcar processado, portanto não é propriamente o que se possa considerar saudável.

 

E portanto, um dia destes, decidi experimentar fazer uma versão alternativa, sem açúcares processados. Usámos frutos vermelhos e morangos, mas como maçã e canela também deve ficar ótimo :) Começámos por cobrir o fundo do pirex com frutos vermelhos congelados, e alguns morangos maduros partidos em pedaços. Para a cobertura, em vez da (minha) tradicional mistura de farinha de milho, açúcar mascavado e manteiga/ margarina sem lactose, utilizei 200g de farinha de arroz, 100g de farinha de milho, 70g de aveia (usei normal, mas poderá ser substituída por aveia sem gluten), e 70g de amêndoas laminadas, óleo de côco e xarope de ácer (cerca de 2/3 de chávena de cada). Misturei tudo num recipiente com um garfo, até ficar com a textura de crumble (semelhante a migalhas, como se tivessemos esfarelado bolachas com as mãos). 

 

Cobrimos os frutos com a mistura e antes de levar ao forno (cerca de 20, 30 mins em forno pré-aquecido a 180º), espalhei uma colher de sopa de xarope de ácer por cima, para ajudar na "caramelização". Fica maravilhoso ainda morno, com gelado, mas só por si também é maravilhoso. Com a vantagem de que é relativamente saudável, pelo que comemos os restos ao pequeno almoço, no dia seguinte :)

 

E deixem-me que vos diga que vou seriamente começar a considerar juntar sempre aveia e amêndoa laminada ao crumble. Fica muito mais estaladiço e saboroso. Estou-me neste momento a controlar seriamente para não ir a correr fazer outro. Com maçã e canela, para variar ;)

 

20160318_212532

 

transferir.png

 

 

Ingredientes:

400 g de frutos vermelhos congelados

5 ou 6 morangos

100g de farinha de arroz

100g de farinha de milho

70g de amêndoas laminadas

70g de flocos de aveia

2/3 de chávena de óleo de côco

2/ 3 de chávena de xarope de ácer

 

Boas receitas!